Programas sociais da PMDF estão de volta em 15 batalhões – Agência Brasília

0


Ana Lúcia Pádua, 38 anos, é deficiente visual e participa de aulas de corrida e funcional – oferecidas pela Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) – há três anos. Projetos como os que ela participa foram suspensos devido à pandemia do novo coronavírus, mas nesta sexta-feira (17) foram retomados.

Major Isabela Almeida, responsável pelas ações: foco dos programas é a prevenção primária ao crime | Fotos: P. H. Carvalho/Agência Brasília

Para comemorar o retorno dos serviços sociais, nesta manhã, a corporação realizou solenidade, que contou com a participação de autoridades, alunos dos projetos e pessoas que foram conhecer os serviços oferecidos pelos militares, de forma gratuita.

“Eu me apaixonei pelas atividades. Elas me ajudaram muito no meu desenvolvimento, na minha saúde”, emendou Ana Lúcia, que fez questão de comparecer à cerimônia.

“Conheci várias pessoas, participei de mais corridas e eventos. Minha disposição é outra. Me sinto mais motivada, animada. Só tenho a agradecer a todos”, comentou a moradora do Núcleo Bandeirante.

“Todos os envolvidos fazem com que nos aproximemos ainda mais do cidadão para auxiliar a formação, apoio psicológico, pedagógico, fisioterápico, esportivo e nas diversas áreas”Márcio Cavalcante, comandante-geral da PMDF,

Os programas sociais são desenvolvidos diariamente em 15 batalhões da corporação espalhados pelas regiões administrativas do Distrito Federal. Em 2019, 130 mil crianças e adolescentes participaram de projetos na área de educação, esporte, lazer, além dos programas Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) e Lobo Guará e de música, equoterapia e equitação.

A major Isabela Almeida, responsável pelas ações, explica que os militares participaram de uma semana pedagógica com o objetivo de inseri-los nesse novo contexto de pandemia. “Não sabemos o que essas crianças e adolescentes podem ter vivenciado nesse período. O isolamento social foi novo para todo mundo”, afirmou.

Segundo a major, o foco dos programas é a prevenção primária, ou seja, tratar o crime antes de que sequer seja cogitado. “É ajudar a formar cidadãos e fazer com que as pessoas tenham consciência dos seus deveres e obrigações perante a sociedade”, reforçou Isabela Almeida.

Durante o evento, o comandante-geral da PMDF, Márcio Cavalcante, agradeceu a todos os militares e participantes dos programas e ressaltou a importância deles para a sociedade. “É uma grande honra ter a confiança de vocês. A nossa natureza é servir a comunidade. Todos os envolvidos fazem com que nós nos aproximemos ainda mais do cidadão para auxiliar a formação, apoio psicológico, pedagógico, fisioterápico, esportivo e nas diversas áreas”, destaca

Como participar

Para participar dos programas sociais da Polícia Militar do DF, basta acessar o site  da corporação. Lá, você encontra todas as informações sobre onde e quando os serviços são oferecidos, de forma gratuita.



Source link