Bacia de contenção no Parque da Cidade está 55% executada – Agência Brasília

0


Iniciadas em março deste ano, as obras de ampliação da bacia de contenção e qualidade localizada nas quadras 912/913 Sul, região do Parque da Cidade, alcançaram a marca de 55% dos serviços executados. O investimento nesta importante obra, que gera dezenas de empregos, é de R$ 2,4 milhões.

Capacidade da lagoa de detenção passará a ser de 200 m3

No momento, máquinas e operários da empresa TVA Construção trabalham na escavação do local. Dos  Já foram escavados 69.222,89 m3, dos 113.717,37 m3 previstos. O projeto também prevê a execução de 570,26 m2 de gabiões, o plantio de 5.073,82 m2 de grama e de 289 unidades de cercas vivas.

Obras estão na fase de escavação; lagoa de detenção tem papel fundamental no sistema de drenagem da região oeste do DF | Foto: Divulgação/Secretaria de Obras

Essa lagoa de detenção tem papel fundamental no sistema de drenagem da região oeste do Distrito Federal, pois recebe águas das chuvas da Asa Sul, além do Sudoeste e do Setor de Indústrias Gráficas. Ao término das obras, o reservatório terá sua capacidade ampliada para 200 m3.

“A ampliação desta bacia é mais um dos projetos que estavam engavetados e que a atual gestão conseguiu tirar do papel”, relata o secretário de Obras, Luciano Carvalho. “Atualizamos o projeto, licitamos e estamos executando esta importante obra para a drenagem pluvial da cidade.”

O subsecretário de Acompanhamento e Fiscalização de Obras, Ricardo Terenzi, explica que essa obra está diretamente associada à construção do viaduto da Estrada Parque e Indústrias Gráficas (Epig). “Como a construção do viaduto vai reduzir a área de absorção vegetal da água das chuvas, precisamos aumentar a capacidade desta bacia para, assim, evitar alagamentos e transtornos à população”, detalha.

Corredor Eixo Oeste

O projeto do corredor Eixo Oeste — com 38,7 km de extensão — prevê o alargamento de pistas e a construção de faixas exclusivas nas principais vias de ligação do Sol Nascente com o Plano Piloto, como a Hélio Prates, a Epig e a Estrada Parque Polícia Militar (ESPM), que leva ao Terminal da Asa Sul.

Além da ampliação da bacia de detenção do Parque da Cidade, também seguem em andamento a construção do túnel de Taguatinga, a primeira etapa de reforma da avenida Hélio Prates e as obras do no viaduto da Epig, além da construção de dois novos viadutos na ESPM.

“Todas essas obras integram o Corredor Eixo Oeste”, pontua o secretário de Obras. “O objetivo é reduzir em pelo menos meia hora o tempo de deslocamento até o Plano Piloto. As obras estão sendo executadas por trechos, uma vez que é inviável fazer as intervenções de uma vez no trânsito.”

 

*Com informações da Secretaria de Obras



Source link