Inaugurado o fundo imobiliário para o Biotic – Agência Brasília

0


Serão mais de 2 mil estações de coworking (trabalho colaborativo), com geração de 7,6 mil postos de trabalho e 9,5 mil moradores no local, que será uma smart city

Foi lançado oficialmente nesta quarta (22) o fundo imobiliário para o desenvolvimento do novo Distrito de Inovação e Tecnologia em Brasília (Biotic), que será localizado na Granja do Torto. A cerimônia ocorreu em São Paulo e contou com a presença do governador Ibaneis Rocha. O FII Biotic é o maior fundo imobiliário ASG (Ambiental, Social e Governança) do país.

Segundo a Agência de Desenvolvimento do DF (Terracap), a estimativa é abrigar 794 empresas e mais de 2 mil estações de coworking (trabalho colaborativo), com geração de 7,6 mil postos de trabalho e 9,5 mil moradores no local, que será uma smart city onde pessoas possam viver, estudar e trabalhar no mesmo local. A primeira fase de captação de recursos vai buscar R$ 1,1 bilhão, de um total previsto de R$ 6 bilhões.

Durante o evento, o governador Ibaneis Rocha destacou a parceria entre o Executivo e o setor produtivo para o desenvolvimento de projetos como o Biotic. “A primeira coisa que fizemos no nosso governo foi abrir as portas para o empresariado do DF. Passamos a tratar os empresários como peças importantes da cidade, no sentido de gerar desenvolvimento, renda, sair do desemprego. Esse projeto vai dar rentabilidade para os empresários e investidores, e é um projeto seguro”, afirmou.

O presidente do Banco de Brasília (BRB), Paulo Henrique Costa, ressaltou a importância do Biotic para o desenvolvimento econômico do DF. “Brasília está inserida no contexto de desenvolvimento do DF, com polo de logística, de cultura, de lazer, em um momento em que todos apostamos em governança e redução do tamanho do Estado. O Biotic também simboliza o início de uma transformação da matriz econômica do DF, fortalecendo os setores civis, de inovação e de tecnologia”, declarou.

Já o presidente do Biotic, Gustavo Dias Henrique, enalteceu o criador do projeto, o arquiteto e inventor italiano Carlo Ratti: “Os principais parques tecnológicos do mundo foram desenvolvidos por Carlo Ratti, que assina o nosso projeto. É um trabalho árduo, e o governador é o líder desse grupo, foi a pessoa que demonstrou confiança em nós, e estamos muito gratos”.

O presidente da Terracap, Izidio Santos, reforçou a importância da criação do fundo. “Acreditamos nisso desde o primeiro momento, serão gerados milhares de empregos. É um projeto grandioso, com a marca desse governo, de secretarias e empresas integradas”.

Por sua vez, o diretor executivo da Integral Brei (gestora que estruturou o fundo), Vitor Bidetti, destacou as características do projeto: “Considero o FII Biotic uma nova fronteira, um marco no desenvolvimento dessa estratégia da própria indústria de fundos imobiliários”.

* Com informações da Terracap

 



Source link