Águas Claras mobilizada na recuperação das 36 praças locais – Agência Brasília

0


Espaços de lazer agradam muito à comunidade de Águas Claras. Uma das cidades mais novas do Distrito Federal, com 18 anos de criação, a Região Administrativa (RA) tem 36 praças em seu território. Agora, o governo está dando uma geral nesses locais. Desde o início do ano, 19 áreas de convivência já foram reformadas.

A força-tarefa composta por funcionários da Novacap, SLU, Polo Central Adjacente II do GDF Presente e administração regional está empenhada manutenção das 36 praças de Águas Claras, fazendo os mais diversos serviços para garantir a utilização dos espaços pelos moradores da região | Foto: Divulgação/Ascom Águas Claras

Uma força de trabalho envolvendo a Novacap, o Serviço de Limpeza Urbana (SLU/DF), o Polo Central Adjacente II do GDF Presente, além de servidores da Administração Regional de Águas Claras, está empenhada na manutenção das praças da cidade. E com uma ajuda essencial: a da comunidade.

Moradores e empresários também se envolvem nos reparos, seja na compra de materiais, seja em doações ou na vigilância, fundamental para evitar o vandalismo.

Um exemplo é a Praça das Gaivotas, na Quadra 301. A área ampla conta com espaço poliesportivo, parquinho, ponto de encontro comunitário (PEC) e equipamentos de calistenia. É ornamentada por plantas do cerrado, que são mantidas pelos moradores.

Os parquinhos infantis estão recebendo cuidados como a troca de areia e conserto dos brinquedos | Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília

Com o auxílio do programa GDF Presente, o campo de esportes está sendo recuperado com pintura, troca do alambrado e instalação de tabelas de basquetebol. O parquinho também foi renovado. E a empreitada não para por aí.

Vizinha ao local, está uma escola infantil. A parceria foi de imediato assim que os gestores do colégio notaram os serviços na praça.

“Cedemos a nossa energia elétrica para que as máquinas pudessem trabalhar. E, agora, vamos comprar caixas d’água para a irrigação, com o apoio de mais dois comerciantes”, conta um dos mantenedores da escolinha, Maurício Rocha, 53 anos, também morador de Águas Claras.

“É frequentada por crianças, adolescentes e famílias inteiras. Somos educadores e nos preocupamos com a limpeza, a educação e a natureza em uma área que fica ao lado da gente”, ressalta a supervisora da escola, Tânia Velasco.

“Como nossas crianças são menores, pouco frequentam a pracinha. Mas, quando crescerem, é possível até fazermos uma atividade pedagógica ali”, complementa.

“Muito brevemente nossos moradores vão ter o Parque Sul, mais uma excelente opção de lazer. Está em fase de conclusão de projeto arquitetônico pela Novacap”André Queiroz, administrador de Águas Claras

O ponto de lazer da Quadra 203 também passou por cuidados: calçadas e bancos reformados; parquinho revitalizado com a troca de areia e conserto de brinquedos; e a instalação de lixeiras. Outros beneficiados foram o das Quadras 209 e 101. Segundo o administrador de Águas Claras, André Queiroz, a característica da região faz com que as praças se tornem ‘points’.

“Águas Claras é uma cidade vertical, de prédios altos e, geograficamente, pequena. Então, a comunidade busca esses locais para recreação”, explica. “Muito brevemente nossos moradores vão ter o Parque Sul, mais uma excelente opção de lazer. Está em fase de conclusão de projeto arquitetônico pela Novacap”.

Mais calçadas e mobilidade

Investimentos em mobilidade também chegaram à região. Está saindo do papel a construção ou o reparo de 7 mil m² de calçadas, que correspondem a cerca de 3 km de passeios. O investimento é de cerca de R$ 500 mil, que serão liberados por meio de emenda do deputado distrital Agaciel Maia.

“Estamos mapeando os locais em conjunto com a Novacap. Ano passado foram 14 mil metros quadrados. Agora, estamos dando continuidade à construção dos passeios que trazem conforto e segurança aos nossos moradores”, finaliza o administrador.

Galeria de Fotos

Águas Claras mobilizada na recuperação das 36 praças locais



Source link