Como se cadastrar no Restaurante da Educação e ter direito a refeição no Centro Histórico

0


Aluna durante inauguração do Restaurante da Educação (Foto: Karlos Geromy)
Aluna durante inauguração do Restaurante da Educação (Foto: Karlos Geromy)

Inaugurado no sábado (25), no Centro Histórico de São Luís, o Restaurante da Educação já está em funcionamento. Trata-se de um restaurante popular criado pelo Governo do Maranhão para atender estudantes do ensino médio e universitários, bem como os profissionais ligados à educação pública. Por enquanto, podem se alimentar ali servidores e alunos da educação básica das redes estadual, federal e do ensino superior público, de instituições localizadas nos municípios São José de Ribamar, Paço do Lumiar, Raposa e Alcântara, além da própria capital maranhense.

Contudo, para ter direito ao almoço ou jantar por um valor simbólico (respectivamente R$ 3 e R$ 1) o usuário precisa se cadastrar no site: www.restaurantedaeducacao.ma.gov.br e aguardar a validação do cadastro. Aprovado, basta se dirigir ao restaurante, que fica no cruzamento da Rua do Egito com a Afogado, e funciona das 11h às 14h e das 16h às 19h.

“O Restaurante da Educação é mais uma conquista para a comunidade escolar, no Governo Flávio Dino. Agora, estudantes, servidores e todos aqueles profissionais que atuam na educação pública na Regional de São Luís terão um restaurante com preços populares à disposição. É necessário fazer o cadastro no site do restaurante e aguardar a validação. É importante ressaltar, também, que no mesmo prédio funcionará o IEMA Gastronomia [Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia], com a formação técnica e profissionalizante para chefs de cozinha, cozinheiros industriais, confeiteiros e garçons”, disse o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão.

Durante a inauguração, inclusive, o governador Flávio Dino afirmou que a fundamentação para criar tanto o IEMA Gastronomia (pisos superiores) quanto mais um restaurante popular (térreo), é a mesma que move as ações do seu governo: combater o problema da desigualdade de oportunidades no Maranhão, que por sua vez é reflexo da desigualdade brasileira.

“Nós acreditamos que a educação figura sempre no centro desse conjunto de ações que marcam essa estratégia de progresso social. Este equipamento, portanto, é a consequência dessa opção que nós fizemos pela educação, por ser uma escola, uma escola que tem um propósito todo especial de também preservar a nossa cultura, a nossa identidade, nossos saberes tradicionais, o conhecimento regional, agregar valor a isso tudo para poder possibilitar, para poder garantir oportunidade de trabalho e de renda para milhares de pessoas como já acontece. Nós queremos que aconteça de modo ainda mais qualificado; esse é o papel, portanto, do IEMA Gastronomia”, explicou o governador durante a inauguração.

Restaurantes populares

Em 2015, o Maranhão contabilizava apenas seis unidades, todas na capital. Com a entrega do Restaurante da Educação, este número chega a 56, espalhados por todas as regiões do estado. Márcio Honaiser, secretário de Estado do Desenvolvimento Social, comentou sobre o Maranhão possuir uma das maiores redes de restaurantes populares do Brasil.

“O Restaurante da Educação é dedicado às pessoas da área da educação, professores, alunos, trabalhadores desta área, exatamente aqui no centro da nossa cidade, perto da praça João Lisboa, que vem atender um público que tinha essa grande demanda. Esse é mais um compromisso do governador Flávio Dino com a segurança alimentar: levar comida para as pessoas, principalmente nesse momento difícil que todos nós estamos atravessando em função da pandemia”, completou.

>





Source link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here