Virando o Jogo tem início em Sobral nesta terça-feira (28) e atenderá 175 jovens

0


Ascom Vice-Governadoria – Texto

Política pública do Governo do Ceará que faz parte do Programa Superação e conta com a execução da Vice-Governadoria, o Virando o Jogo está chegando ao município de Sobral. Em sua primeira edição na cidade, a ação vai atender 175 jovens e adolescentes espalhados por três bairros: Cidade Dr. José Euclides (Terrenos Novos), Residencial Nova Caiçara e Vila União. A expansão do projeto para além de Fortaleza acontece de forma oficial em solenidade nesta terça-feira (28), no Theatro São João.

Os bairros são escolhidos através de critérios que levam em conta dados socioeconômicos, números relativos à população na faixa etária de 15 a 19 anos, como índices de quantidade de jovens por localidade e evasão escolar, entre outros. Para cobrir toda a demanda, a equipe do Virando em Jogo em Sobral contará com dez articuladores de juventude e quatro facilitadores comunitários, além de profissionais também nas áreas da assistência social e psicologia.

“O Virando o Jogo é um programa que tem o objetivo de chegar a jovens que estão precisando de um suporte para reorganizar os seus projetos de vida. E aqui eu falo de jovens que estão fora da escola ou que até concluíram o ensino médio, mas que estão sem perspectiva de trabalho ou de dar sequência nos estudos”, disse a vice-governadora Izolda Cela.

Com o sucesso em Fortaleza, a ideia das autoridades é fazer com que o Virando o Jogo chegue em outros municípios além de Sobral. “É uma iniciativa que tem eixos muito importantes para a formação e boas experiências para eles no sentido de voltar aos estudos, ao trabalho e auxiliar na formação cidadã. A perspectiva é que nós possamos expandir, nesse primeiro momento, para outros nove municípios”, complementou Izolda.

Protagonismo

Diferentemente do que acontece em Fortaleza, o Virando o Jogo em Sobral será ancorado em uma estrutura já existente de uma Unidade de Gerenciamento de Projetos. De acordo com a supervisora do projeto no município, Andréia Coelho, a chegada da ação vem para respaldar o trabalho feito há mais de quatro anos pelas equipes territoriais de prevenção de violências da cidade.

“O Virando o Jogo é mais um projeto no qual se conta com o protagonismo do município de Sobral. Isso mostra o quanto a cidade vem se comprometendo, desde o início do Pacto por um Ceará Pacífico na execução de ações que estão ligadas a essa estratégia ampla de prevenção à violência”, disse.

Execução

Contando com o apoio da Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS), o Virando o Jogo é direcionado para jovens que não estudam e não trabalham. A ação visa possibilitar uma oferta de atividades de cunho sócio educativo, de qualificação profissional, na perspectiva de fomentar o retorno desse público ao ambiente escolar, além de fortalecer vínculos familiares e comunitários.

Dividido em três fases, o Virando o Jogo oferece aos seus matriculados uma passagem por vários setores, possibilitando uma diversidade de atividades para facilitar a integração dos participantes ao mercado de trabalho. Na fase inicial, o jovem atravessa os módulos de formação cidadã e ação comunitária. Logo depois é a vez da qualificação profissional com um reforço em assuntos como esporte e cultura. Em um último momento, acontece o enfoque em áreas voltadas para o empreendedorismo. Todos esses passos são alinhados à reinserção escolar e ao acompanhamento familiar.

Em Fortaleza, a primeira edição do Virando o Jogo está em sua fase final, com 608 jovens concluindo a última etapa. A segunda edição, que teve início em maio deste ano, conta com a participação de 918 matriculados e atualmente oferta 14 tipologias de cursos profissionais e 6 modalidades esportivas.





Source link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here