Em quatro meses, Hospital de Câncer do Maranhão contabiliza mais de 18 mil exames de diagnósticos

0


Hospital de Câncer do Maranhão conta com 101 leitos de internação (Foto: Divulgação)

O Hospital de Câncer do Maranhão é referência na assistência oncológica no estado. Entre os meses de abril e agosto desse ano, a unidade contabilizou mais de 18 mil exames de diagnósticos. O hospital, da rede da Secretaria de Estado da Saúde (SES), funciona 24 horas com Internação, Serviço de Pronto Atendimento Oncológico, Ambulatório e Salão de Quimioterapia, bem como atende diversas especialidades, como coloproctologista, mastologia, oncologista clínico.

A unidade estadual monitora as ações e resultados das atividades para melhoria contínua dos serviços oferecidos, com implantação e revisão dos processos de trabalho.

A diretora geral do Hospital de Câncer do Maranhão, Ana Carolina Costa Marques, frisou que o hospital tem um papel de extrema relevância no panorama da saúde, por ser uma unidade pública do Estado com Assistência Oncológica Unacon e serviço de Hematologia estando de acordo com a Portaria 140/20214 do Ministério da Saúde. “Estamos buscando aperfeiçoar cada vez mais o serviço expandindo produção, ampliando os serviços com a busca ativa de pacientes com diagnóstico de câncer e buscando satisfação do nosso usuário”, frisou.

Entre os exames de Serviço de Apoio Diagnóstico e Terapia como Laboratório, Patologia Clínica, PET CT e Ressonância Magnética foram realizados 18.125 exames, sendo 2.402 no mês de abril, 3.177 em maio, 3.359 em junho, 4.493 em julho e 4.494 em agosto. O hospital conta ainda com serviços próprios como raio X, tomografia, ultrassonografia, mamografia, endoscopia e colonoscopia, além de uma equipe multiprofissional.

O relatório apontou que, entre os exames do tipo biópsia para identificação de neoplasias, houve aumento da demanda. Os exames saltaram de 27.270 em abril para 33.658 em agosto. A oferta de consultas em várias especialidades também aumentou. Em abril, foram contabilizadas 2.721. Em agosto esse número subiu para 3.090. O número de internações também aumentou. De maio a agosto foram 1.215 internações.

A unidade de saúde apresentou também outras melhorias como o aumento da oferta de vagas para marcação de primeira consulta, reorganização de fluxos internos, abertura de novo canal de atendimento via WhatsApp, reuniões semanais com o Núcleo de Segurança do Paciente, entre outros.

“Estamos satisfeitos com os resultados, mas sabemos que precisamos melhorar cada vez mais. Nosso objetivo é assegurar excelência de serviços, melhoria constante do nosso trabalho e garantir a segurança das ações de saúde”, afirmou o presidente da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh), Marcos Grande.

O Hospital de Câncer do Maranhão possui 101 leitos de internação divididos entre clínica cirúrgica, oncologia clínica e cuidados paliativos; e 16 leitos de unidade intensiva.

>





Source link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here