Paraná chega a 5 milhões de mudas distribuídas, equivalentes a 3 mil campos de futebol

0


O Governo do Estado, por meio do Paraná Mais Verde, distribuiu gratuitamente mais de 5 milhões de mudas de árvores nativas em 2 anos e 8 meses. Um panorama do programa foi apresentado por técnicos do Instituto Água e Terra (IAT), vinculado à Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (Sedest), nesta terça-feira (28).

A meta do programa é contribuir para o reflorestamento do Estado com 10 milhões de mudas nos próximos anos, com foco na arborização urbana e rural. Até o momento, o Estado ajudou a plantar o equivalente a 3 mil campos de futebol, uma área de 3 mil hectares.

De acordo com o secretário Márcio Nunes, antes das mudas serem preparadas para distribuição nos 19 viveiros florestais, elas passam por um processo de produção em dois laboratórios de sementes.

“É um trabalho intenso. Nossos técnicos entram na floresta, selecionam a semente, trabalham ela nos laboratórios, para então virarem mudas com qualidade para serem plantadas e se transformarem em uma árvore “, disse.

O Paraná Mais Verde foi criado em 2019. Um dos impactados pelo programa é o produtor rural. “Ele é obrigado por lei a recuperar sua área e pode solicitar gratuitamente sua muda nativa no site do órgão ambiental”, completou o secretário.

O IAT produz mais de 100 espécies de mudas nativas, entre frutíferas e para reflorestamento, inclusive árvores ameaçadas de extinção, como peroba-rosa, araucária e imbuia. Atualmente, a capacidade dos viveiros florestais é de produzir cerca de 3 milhões de mudas por ano.

AÇÕES – Outro foco do Paraná Mais Verde é despertar a consciência ambiental, sendo uma demonstração de como aliar desenvolvimento ambiental, econômico e social. O diretor-presidente do IAT, Everton Souza, reforça que a distribuição de 5 milhões de mudas nativas foi possível graças ao trabalho intenso dos 21 Escritórios Regionais do Instituto.

A meta foi atingida, principalmente, pelas ações envolvendo a população, especialmente nessa ultima semana, com celebrações em alusão ao Dia da Árvore. Nos últimos dias foram distribuídas e plantadas mais de 400 mil mudas.

“Conseguimos atingir esse número por diversas ações. Os Escritórios Regionais promovem campanhas para conscientizar os paranaenses sobre a importância de plantar uma árvore e agora, neste momento de pandemia, contribuem com a distribuição de mudas em troca de alimentos para ajudar famílias carentes”, disse.

Desde o final de junho, mais de 30 toneladas de alimentos foram arrecadadas e doadas a instituições e prefeituras para ajudar famílias que foram impactadas pela pandemia da Covid-19.

Segundo o diretor de Políticas Ambientais da Sedest, Rafael Andreguetto, essas mudas nativas auxiliam na revegetação de matas ciliares, recuperação de nascentes, das unidades de conservação e de toda biodiversidade.

“O plantio das mudas é importante não apenas para contribuir com a manutenção do clima local, porque mantendo a vegetação, colaboramos para minimizar os efeitos causados pela crise hídrica. Mas o plantio de árvores também é fundamental para a recuperação de nascentes, contribuindo para o fornecimento de água para o sustento e uso da população no dia a dia, além de preservar e recuperar a fauna e a flora local”, destacou.

A meta do programa é contribuir para o reflorestamento do Estado com 10 milhões de mudas nos próximos anos. Foto: Alessandro Vieira/SEDEST

COMO SOLICITAR – É possível solicitar mudas dos viveiros florestais pela internet, através do site www.sga.pr.gov.br.





Source link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here