Operação Raízes entrega mais de quatro mil fraldas para lares de idosos

0


Para reiterar a importância e os direitos da população da terceira idade, nesta sexta-feira (1º) é celebrado o Dia Nacional da Pessoa Idosa e a data foi escolhida pela Polícia Civil da Bahia para concluir a Operação Raízes, que arrecadou 2.186 fraldas geriátricas em Salvador e na Região Metropolitana, além de alimentos, cobertores e produtos de higiene pessoal.

O material foi doado para os lares de acolhimento Três Corações e Bom Jesus, localizados no Subúrbio Ferroviário. A ação foi deflagrada no dia 16 de setembro, por meio da Delegacia Especial de Atendimento ao Idoso (Deati), com o objetivo de coibir a violência contra os idosos e conscientizar a população sobre o problema.

Equipes dos Departamentos de Polícia Metropolitana (Depom), de Polícia do Interior (Depin), de Inteligência Policial (DIP) e do Departamento Médico da Polícia Civil (Demep) participaram da operação.

A Delegada Geral Heloísa Campos de Brito esteve à frente das entregas dos donativos na capital. “Parabenizo o empenho de todos os envolvidos nesta ação, que levou um pouco de carinho e acolhimento aos moradores desses lares”, ressaltou a delegada.

As doações ocorreram também no interior da Bahia. Servidores das Coordenadorias Regionais de Polícia do Interior (Coorpins) arrecadaram 2.230 fraldas, 40 kits de higiene pessoal, mais de 200 quilos de alimentos não perecíveis e roupas, entregues em abrigos de diferentes municípios.

Diligências

Além do cunho social, a Operação Raízes realizou 90 diligências. Doze pessoas foram presas, cinco mandados cumpridos, 89 Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO) lavrados, 35 inquéritos instaurados e 17 concluídos, vinculados a crimes contra a pessoa idosa em Salvador, na RMS e no interior.

De acordo com a titular da Deati, delegada Heleneci Nascimento, a ação intensificou o trabalho já realizado pela especializada. “Visitas técnicas em instituições de longa permanência, palestras e oficinas socioeducativas também foram realizadas pela equipe multidisciplinar da delegacia”, destacou Heleneci.

Durante os dias 27 e 29 de setembro, servidores do Demep prestaram atendimento médico e acolhimento psicológico aos idosos que procuraram a Deati. “Analisamos a frequência cardíaca, oximetria, saturação, temperatura e aferimos a pressão arterial de 25 pessoas”, detalhou o diretor do Departamento Médico, Gessé de Oliveira.

“O público da terceira idade e seus familiares também participaram de atividades de pilates solo, como alongamento e relaxamento, capoterapia e musicoterapia”, acrescentou o psicólogo Gessé.

Fonte: Ascom/ Polícia Civil





Source link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here