Laboratório de DNA da Pefoce recebe curso de Gestão da Qualidade

0


A Perícia Forense do Ceará (Pefoce) recebeu, nesta segunda-feira (4), a professora Katia Michelin, para ministrar o curso “Gestão da Qualidade e a Aplicação dos Requisitos Técnicos para a Realização de Auditorias no Laboratório de DNA Forense”, promovido pela Academia Estadual de Segurança Pública (Aesp|CE), com carga horária de 40h/a. A instrução ocorrerá entre os dias 4 e 7 deste mês de outubro, nas dependências do Núcleo de Perícias em DNA Forense (NUPDF) da Pefoce.

O curso é uma exigência da Resolução n.° 12 da Rede Integrada de Bancos de Perfis Genéticos (RIBPG), que trata dos requisitos técnicos para a realização de auditorias, a fim de avaliar se o laboratório de DNA está cumprindo com os padrões exigidos pela norma. O NUPDF da Pefoce é pertencente à RIBPG e precisa passar por esse processo de auditoria externa, realizada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública a cada dois anos, de forma a garantir um sistema de gestão da qualidade eficiente.

A professora Katia é mestre em Ciência Genômica e Biotecnologia, com formação acadêmica em Farmácia, com ênfase em Análises Clínicas, detentora de notório saber na área, com experiência de sete anos no assunto, e atua desde 2002 como perita criminal federal da Polícia Federal (PF), no laboratório de DNA Forense. Integrou a equipe que implantou o Sistema de Gestão da Qualidade e conquistou o certificado de acreditação pelo Inmetro do Instituto Nacional de Criminalística da PF. Possui ainda publicações de trabalhos científicos em congressos, seminários e livros, bem como palestrante em diversos cursos na área abordada.

Curso inédito

Composto por duas etapas, será realizada na primeira parte do curso, uma miniauditoria com a finalidade de diagnosticar as principais necessidades do laboratório em cumprir os requisitos da Resolução n.° 12 da RIBPG e, em seguida, analisar as possíveis não conformidades encontradas na auditoria. Na segunda etapa, haverá uma abordagem dos temas destacados na proposta de aula prevista.

Inédito no estado do Ceará, o curso representa uma oportunidade para os peritos do NUPDF da Pefoce desenvolverem seus conhecimentos e habilidades, na gestão da qualidade do Laboratório de DNA Forense, relacionando teoria e prática na aplicação dos requisitos técnicos da Resolução n.º 12 da RIBPG.

A perita legista Samyra Brasil, gestora da qualidade do NUPDF, falou sobre a experiência: “O curso é sobre o sistema de gestão da qualidade, mais precisamente sobre a aplicabilidade dos requisitos da resolução n.° 12, que rege as normas de qualidade do Laboratório de DNA Forense. A professora Katia Michelin veio emprestar seus conhecimentos para aplicarmos dentro do laboratório da Pefoce. Ela detém uma vasta experiência nesse sistema de qualidade e implementou a creditação no laboratório de DNA da Polícia Federal. A Pefoce faz parte da RIBPG e tem que passar por auditorias internas e externas do Ministério da Justiça, a cada dois anos, para se manter em conformidade com todos os requisitos da norma. O objetivo é produzir laudos periciais com qualidade inquestionável, trabalhando de forma padronizada para gerar resultados com qualidade e excelência”.

Participam do curso os peritos legistas Carlos Arruda Filho, Samyra Brasil, Claudia Sobreira, Vivian Santiago, Bruna Stefânia e Renata Kimura; a perita criminal adjunta, Tereza Cristina da Rocha; e as auxiliares de perícia, Alexsandra Ramos e Talita Sampaio.

RIBPG

A RIBPG surgiu da iniciativa conjunta do Ministério da Justiça e Segurança Pública e das Secretarias de Segurança Pública Estaduais, tendo por objetivo propiciar o intercâmbio de perfis genéticos de interesse da Justiça, obtidos em laboratórios de perícia oficial. A RIBPG destina-se a subsidiar a apuração criminal e a identificação de pessoas desaparecidas.





Source link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here