Aeroporto da Pampulha é arrematado por R$ 34 milhões

0


Em leilão realizado por meio eletrônico nessa terça-feira (5), o Grupo CCR – o mesmo que controla o Aeroporto Internacional Belo Horizonte, em Confins – arrematou o Aeroporto da Pampulha com uma oferta de R$ 34 milhões. A proposta representa um ágio de 245% em relação ao lance mínimo, fixado em R$ 9,8 milhões. Ao todo o leilão teve 17 lances.

O leilão foi promovido pelo governo de Minas por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra). O certame aconteceu na Bolsa de Valores (B3), em São Paulo.

Grupo CCR

Fundado em 1999, o Grupo CCR atua nos segmentos de concessão de rodovias, mobilidade urbana, aeroportos e serviços. Hoje, a companhia é responsável por 3.955 quilômetros de rodovias da malha concedida nacional, nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, sob a gestão das concessionárias do grupo. A CCR foi também responsável pelo primeiro contrato de concessão de rodovia do país, com a CCR Ponte, responsável pela Ponte Rio-Niterói no período de junho de 1995 a 31 de maio de 2015.

O grupo ingressou, em 2012, no setor aeroportuário, com a aquisição de participação acionária nas concessionárias dos aeroportos internacionais de Quito (Equador), San José (Costa Rica) e Curaçao.

Investimentos

A expectativa é que a concessão viabilize incrementos na eficiência operacional e aperfeiçoamentos no nível geral dos serviços prestados no aeroporto, além da expansão da capacidade de geração de receitas.

Segundo informações oficiais, os aportes são estimados em R$ 151 milhões, viabilizados mediante investimentos privados. Desse total, cerca de R$ 65 milhões serão investidos na construção de um terminal de aviação geral, sistema de pistas de táxi, recuperação parcial do pavimento da pista e preparação para novos hangares.

Além disso, o projeto estima a arrecadação de R$ 99 milhões em impostos federais, estaduais e municipais. Ao longo de 30 anos, está previsto, ainda, o pagamento anual de Outorga Variável, que corresponde a um percentual da receita bruta auferida pelo concessionário.

Aeroporto

O Carlos Drummond de Andrade atende, atualmente, ao tráfego da aviação executiva e geral, sendo um dos principais polos de manutenção de aeronaves e helicópteros do país. Estão em funcionamento cerca de 30 hangares.

Nos últimos cinco anos, a média anual no aeroporto foi de 323,9 mil passageiros transportados e movimentação de 41,5 mil aeronaves. A estrutura está instalada em uma área de quase 2 milhões de metros quadrados, a cerca de 8 quilômetros do Centro de BH.

Fonte: Hoje em Dia





Source link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here