Na 4×4, Médicis compra marcas de snacks funcionais do KKR e Carlyle

0


A 4×4 Capital — a gestora de Alexandre Médicis em Nova York — acaba de comprar as marcas americanas de barrinhas de proteína e whey protein Pure Protein, Body Fortress, MET-Rx e Balance.

O investimento — o primeiro do ex-executivo Anheuser Busch-Inbev desde que montou seu negócio de private equity em 2018 — será o embrião de uma nova empresa dedicada ao mercado de snacks funcionais, que movimenta US$ 50 bilhões/ano nos EUA.

As marcas compradas pela 4×4 são um ‘carveout’ da The Bountiful Company, que o KKR comprou em 2017 por US$ 1,7 bilhão e acaba de revender para a Nestlé por US$ 5,7 bilhões. (O Carlyle já era investidor da Bountiful desde 2010.)

Como está mais focada em saúde e alimentos medicinais, a Nestlé não quis comprar a área de ‘sports and active nutrition’ da Bountiful, que foram segregadas e vendidas para a firma de Médicis.

As marcas faturaram US$ 430 milhões ano passado e devem vender US$ 500 milhões este ano.

O carro-chefe é a Pure Protein, a segunda maior marca de barrinhas de proteína dos EUA, com um market share de 16%. Quando se olha o mercado mais amplo de ‘barrinhas saudáveis’ (que inclui barrinhas de granola, por exemplo), a Pure Protein está entre as seis maiores.

A nova empresa — ainda sem nome — começa com 70% de suas vendas vindo de barrinhas de proteína, 20% de produtos em pó (como whey protein), e o restante de produtos ready to drink, como shakes de proteína.

“Essa indústria está crescendo a high single digits e deve continuar nesse ritmo nos próximos anos,” Médicis disse ao Brazil Journal. “E o segmento estava órfão de uma empresa grande que pudesse ser um consolidador.”

As marcas já são vendidas nas principais varejistas americanas — do Walmart ao Costco, passando pelo Sam’s Club. No Walmart, por exemplo, elas já respondem por 25% de todo o volume de vendas no segmento de barrinhas e 30% em whey.

Mas Médicis diz que vê uma oportunidade grande de melhorar a distribuição e execução dos produtos nas lojas, bem como de reposicionar as marcas como produtos de everyday nutrition, e não apenas de nutrição esportiva.

“Eles já estavam nesse caminho, mas queremos acelerar essa estratégia levando essas marcas para o mainstream,” disse ele. “Esses são produtos que os pais podem dar aos filhos entre a escola e o futebol, em vez de dar um chocolate.”

De imediato, o maior trabalho da gestora será criar uma empresa independente do zero: todo o backoffice e a parte de TI ainda está sendo operada pela Nestlé, que fará uma transição para o novo controlador.

Kent Cunningham, que era o head da divisão de sports and active nutrition na The Bountiful Company, será o CEO da nova empresa. Médicis será o chairman. Dois outros sócios da 4×4, Paulo Macedo e Rafael Teixeira, serão respectivamente o CFO e o chief of staff da companhia.

Médicis também convidou três ex-executivos sêniores de ABI para integrar um comitê de transição: David Moran vai supervisionar vendas e marketing, Cadu Cerqueira, o supply chain, e Sandro Leite, finanças e back office.

A aquisição anunciada hoje será a única do Fundo I da 4×4, que ainda tem buying power para follow-ons que vão financiar aquisições da plataforma de snacks.

Separadamente, a 4×4 mantém um acordo operacional com a Oak Hill Capital, a gestora de private equity que administra quase US$ 20 bilhões, e que está neste momento investindo os US$ 4 bi do seu fundo V. O acordo prevê o compartilhamento dos pipelines e investimentos conjuntos.

Sawaya Partners assessorou a 4×4 Capital, que usou o Sidley Austin como legal advisor.

Evercore assessorou o KKR e o Carlyle, que usaram o Simpson, Thatcher & Bartlett.

Fonte: Brazil Journal



Source link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here