Procuradoria Geral da Fazenda Nacional aprova inclusão da Emdesur na transposição para o quadro da União

0


Na última quarta-feira (07), a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional emitiu parecer favorável para que os empregados públicos da Empresa Municipal de Desenvolvimento e Urbanização de Macapá (Emdesur) e do Convênio 021/90-PMM, passem pelo processo de transposição para integrarem o quadro de servidores da União. E nesse contexto, a Prefeitura de Macapá teve um papel fundamental, que foi a criação da Comissão Emdesur Transposição e Convênio 021/90, que deu legitimidade aos seus representantes para que eles defendessem os direitos dos empregados públicos que faziam parte da empresa.

“Esta é uma grande vitória, que foi inesperada em função do nosso tempo de atuação. Fizemos a defesa oral em agosto e por solicitação do Ministério da Economia [ME], ela foi transformada em escrita. Nas duas defesas mostramos o conhecimento pleno das leis da época do Território Federal do Amapá que estava sob a égide da Constituição Federal de 1969”, destacou a presidente da comissão, Maria Delurdes Goldani.

“A partir de agora, vamos ajudar os empregados públicos da Emdesur que necessitam desse apoio. O trabalho triplicará, mas a comissão analisará caso por caso a fim de auxiliá-los com recursos que poderão ser submetidos e demais questões”, completou a presidente.

Com a aprovação, os processos deferidos serão lançados em ata e os que ainda não passaram por este procedimento vão ser analisados individualmente. “Os processos podem ser aprovados, precisar de análise documental ou serem indeferidos. Nos casos de indeferimento, caberá recursos e nós estaremos aqui ajudando os empregados públicos na garantia dos seus direitos”, destaca Goldani.

De acordo com o procurador-geral do município, Alex Sampaio, a Procuradoria Geral de Macapá (Progem) continuará dando o suporte necessário para que a comissão preste o auxílio aos empregados públicos. “Desde a sua criação, a comissão vem trabalhando de forma voluntária para garantir o direito de transposição e a Progem continuará dando todo o suporte para que este direito seja garantido”, afirmou.

Sobre a comissão
Por meio do decreto municipal n° 4014 de 2021, o prefeito de Macapá, Dr. Furlan, criou a Comissão Emdesur Transposição e Convênio 021/90, para acompanhar e atender os empregados públicos da empresa municipal que pleiteiam a transposição. O órgão fazia parte da administração municipal durante o período em que o Amapá era Território Federal. Além de dar legitimidade aos seus representantes na defesa dos interesses dos empregados públicos que faziam parte do quadro da empresa municipal.





Source link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here