Adolescente de 16 anos é baleada por engano e morre em Minas

0


Um acerto de contas pode ter sido o motivo de um tiroteio que terminou na morte de uma adolescente de 16 anos em Paraopeba, na região Central do Estado, na noite dessa terça-feira (2). Outras três pessoas ficaram feridas, sendo dois adolescentes. A jovem que morreu passava pela rua no momento dos tiros e não tinha relação com os supostos alvos do ataque.

De acordo com o boletim de ocorrência, que ainda não tinha sido finalizado até o início da manhã desta quarta-feira (3), os tiros teriam sido direcionados a dois irmãos, que caminhavam com as respectivas namoradas pela avenida Um, no bairro Chácara dos Lagos. Os casais foram surpreendidos por um grupo de pelo menos cinco pessoas que saíram de um lote vago atirando contra eles. 

A mãe dos rapazes, que têm 22 e 15 anos, disse aos policiais que um vizinho levou os baleados para a Unidade de Pronto Atendimento da cidade de carro. Ele contou que quando foi chamado em casa, já viu a adolescente de 16 anos caída no chão com um ferimento na cabeça. Ao chegar na UPA, segundo o boletim de ocorrência, foi constatado o óbito da jovem por ferimentos causados pela perfuração, que gerou a exposição da massa encefálica. 

Um dos irmãos foi atingido na coxa direita e nas duas bolsas escrotais. Outra vítima, que o boletim não esclarece se é o irmão mais novo ou uma das namoradas, também foi atingida na perna. O projétil atravessou o membro e parou na coxa esquerda. 

Pessoas que estavam no local disseram aos policiais que os suspeitos do crime fugiram pela mata próxima ao lote vago. Ao tentarem localizar os autores, os militares foram recebidos com tiros e pelo menos três suspeitos conseguiram fugir. Um deles foi localizado na própria residência. Durante conversa com os policiais, ele disse que tinha um desentendimento com os irmãos e que mais cedo, ao passar com um amigo na porta da casa dos desafetos, eles foram agredidos com facadas. 

Após a agressão, os dois autores voltaram ao local com mais três pessoas, todas armadas, e avistaram os irmãos com as namoradas, momento em que efetuaram os disparos. Pouco antes do crime, entretanto, o autor preso disparou a garrucha acidentalmente contra a própria perna e também foi socorrido à UPA pelos policiais. Um outro autor foi apreendido, mas não há informações sobre como ele foi localizado. 

O corpo da adolescente morta foi encaminhado ao IML de Sete Lagoas.

Fonte: O Tempo





Source link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here