Agora sem XP, Itaú vê ‘oportunidade gigantesca’ em corretota de varejo

0


Após a cisão de sua participação na XP , o Itaú Unibanco(ITUB4) espera alavancar sua frente de investimentos, especialmente, voltados para a pessoa física. No terceiro trimestre, a plataforma de investimentos Íon, integrada à Itaú, atingiu 400.000 downloads e 982 especialistas. A projeção é de que esse número cresça para 2.000 até julho de 2022.

“É nesse mundo em que vemos as melhores oportunidades. Nossa expectativa, com algum grau de otimismo, é quadruplicar o resultado da corretora nos próximos 3 anos”, afirmou Milton Maluhy Filho, CEO do Itaú Unibanco em conversa com investidores nesta quinta-feira, 4. “Vemos como uma oportunidade gigante como corretora de varejo e é um segmento em que estávamos subpenetrados.”

Até o início de outubro, a plataforma Íon tinha 53 escritórios regionalizados, que deve crescer para 90 até o fim do ano e chegar ao ano que vem com cerca de 130.

Segundo o executivo, ainda que o banco venha buscando reforçar sua frente de atendimento digital, a presença física ainda representa um “papel importante”, inclusive quando se trata de agências bancárias. “Ser um banco digital, não é ser um banco remoto”, comentou.

Após diminuir o número de pontos presenciais de maneira expressiva nos últimos anos, Maluhy disse que pretende aguardar o fim da pandemia para avaliar qual será o nível de normalização do fluxo nas redes físicas. “Não vai ser como no pré-pandemia, mas seguramente não será como estamos observando” [hoje]. Operacionalmente, fechar agência é muito fácil. Se esse fosse o caminho, estaríamos indo nessa direção.”

Mas as agências do Itaú não devem mais ser como as de antigamente. “[Elas vão ser] muito mais enxutas e com processo operacional mais simples. Queremos ressignificar todo o modelo de agências.” Maluhy, porém, não descarta novos fechamentos de agência. “Naturalmente, se não haver demanda, vamos fazer correções no futuro, mas estamos bastante confiantes com o novo modelo.”

“Embora tenha perdido marketshare para canais digitais e mobile, o dinheiro físico em circulação está ainda maior que em anos atrás. Ainda há muita demanda para fazer pagamentos e atendimentos, especialmente, para produtos mais complexos”, comenta o CEO.

Ainda que veja sua rede presencial como elemento chave do negócio, o Itaú espera oferecer 100% de seus produtos por meio de aplicativos até o fim do ano. A estratégia faz parte da remodelação de atendimento ao varejo. Chamada internamente de E-Varejo, 75% do projeto deve ser entregue até o fim de dezembro.

Cenário desafiador

Apesar do novo atendimento ao público de varejo, é com cautela que o banco vê um ambiente adverso para o mercado de crédito, pressionado por taxas maiores e maior risco de inadimplência. “Crédito não deve criar valor”, disse o CEO. Com previsão de retração para o PIB de 2022, o Itaú também espera sofrer em sua unidade de banco de investimento, para o qual imagina números mais fracos para o ano que vem. “Será um período de mais volatilidade por ser ano de eleição. Então, as linhas de negócios sofrem com o fechamento da janela de oportunidade, resultando em menos operações.”

No terceiro trimestre, o Itaú teve líquido de 5.780 bilhões de reais, 29% acima do mesmo período do ano passado. Já o retorno sobre patrimônio (ROE) saiu de 15,7% para 19,7%. Na , as do Itaú despencam mais de 5% nesta quinta, após a divulgação do balanço na última noite.

Fonte: Exame



Source link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here