Mutirão realiza mais de 2 mil atendimentos preventivos

0


A Secretaria da Mulher realizou, durante o Outubro Rosa, uma programação especial, em parceria com outras secretarias do GDF e entidades não governamentais, pensada especialmente para a conscientização, prevenção e tratamento precoce do câncer de mama. Mais de 2 mil mulheres fizeram exames e receberam orientações sobre a doença.

A unidade móvel da Secretaria da Mulher passou por 17 pontos do Distrito Federal durante a campanha deste ano | Foto: Divulgação/Secretaria da Mulher

A pasta, que tem a missão de articular ações voltadas à promoção da saúde da mulher, organizou uma série de atividades para reforçar a importância do autoexame — que pode antecipar a descoberta do câncer — e serviços para facilitar o acesso da paciente a exames e ao tratamento.

“O mais bonito da construção dessa programação é que se trata de uma agenda integrada entre as secretarias, os órgãos governamentais e a sociedade civil. Toda ação ganha muito mais força quando, na ponta, nós encontramos mulheres que abraçam a causa e que se tornam porta-vozes para toda a comunidade”, destacou a secretária da Mulher, Ericka Filippelli.

Como parte das ações, a unidade móvel da SMDF passou por 17 pontos do Distrito Federal, incluindo cidades como Planaltina, Itapuã, Vicente Pires, Santa Maria, Brazlândia, Varjão, Gama, além de uma visita, em parceria com a Emater, ao assentamento rural Pequeno William, em Planaltina.

“Toda ação ganha muito mais força quando, na ponta, nós encontramos mulheres que abraçam a causa e que se tornam porta-vozes para toda a comunidade”
Ericka Filippelli, secretária da Mulher

As mulheres receberam orientações sobre o autoexame das mamas, participaram de debates e de bate-papos sobre promoção da saúde feminina. No total, foram 2.036 mulheres atendidas no Ônibus da Mulher, que contou com a equipe da Secretaria de Saúde para transformar o espaço em um consultório. Ali, foram agendadas 559 mamografias, além de 577 exames citopatológicos, pela Rede SES.

Em uma parceria de sucesso, a carreta do Sesc, também participou das ações e esteve na Casa da Mulher Brasileira, em Ceilândia, e em Planaltina, onde foram agendados 265 mamografias e 310 exames citopatológicos.

A diretora regional de Atenção Primária à Saúde da Região de Saúde Norte da Secretaria de Saúde (SES), Renata Mercez da Silva, reforçou a importância desta parceria da secretaria com a SMDF para levar serviços e informação à população. “É uma maneira de direcionar, apresentar os equipamentos e os locais onde buscar tratamento e acompanhamento. Oferecer esse conhecimento faz toda a diferença para o empoderamento dessas mulheres.”

A moradora de Planaltina Maria Rosa da Silva foi recebida pela equipe da SMDF e encaminhada para atendimento psicossocial no Centro Especializado de Atendimento à Mulher (Ceam) de sua cidade. Já Risolene Torres destacou a importância da ação que leva serviços de saúde até a população. Ela recebeu as orientações para fazer o autoexame das mamas e, agora, aguarda o agendamento da mamografia.

Um mês especial  

A programação do Outubro Rosa teve início com a inauguração do mamógrafo na Clínica da Mulher (Centro Especializado de Saúde da Mulher – Cesmu), com a capacidade de realizar até 480 exames mensais.

Também foi exibida a exposição de fotos Simplesmente Amor, organizada pela ONG Recomeçar – Associação de Mulheres Mastectomizadas de Brasília, com apoio da SMDF, que apresentou oito mulheres que receberam o diagnóstico de câncer de mama e venceram a doença. As obras ficaram expostas no Salão Branco do Palácio do Buriti, na Câmara Legislativa do DF e no Senado Federal, e receberam mais de mil visitantes.

Ao longo do mês de outubro, a equipe da secretaria ainda percorreu canteiros de obras do Distrito Federal com a ação #SextaRosa, em parceria com o Sinduscon-DF, por meio do convênio da Rede Sou Mais Mulher, levando às trabalhadoras da construção civil palestras informativas sobre prevenção e enfrentamento ao câncer de mama. Foram visitados canteiros de obra no Noroeste, Park Sul e Samambaia, entre outros, alcançando um público de cerca de mais de 200 mulheres.

 *Com informações da Secretaria da Mulher



Source link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here