More
    InicioECONOMIAFicou sabendo? Lucro da Nasdaq, projeção da Heineken e produção da BHP

    Ficou sabendo? Lucro da Nasdaq, projeção da Heineken e produção da BHP


    Nasdaq tem lucro acima do esperado

    A Nasdaq superou as estimativas de Wall Street para o lucro do primeiro trimestre, segundo números divulgados nesta quarta-feira (20), à medida que a forte demanda por produtos relacionados a investimentos compensaram um período de calmaria para as ofertas públicas iniciais de ações (IPOs).

    A operadora de uma das bolsas de valores de Nova York procurou diversificar cada vez mais as ofertas de produtos e reposicionar-se como uma empresa líder em tecnologia financeira com uma fatia crescente no setor de software, oferecendo serviços de análise, dados e nuvem.

    O mercado de IPOs dos Estados Unidos foi prejudicado no trimestre, já que preocupações com o conflito Ucrânia-Rússia, uma postura agressiva do Federal Reserve e a fraqueza nas ações de tecnologia consideradas de alto crescimento pesaram sob o humor dos investidores.

    A Nasdaq sediou 70 IPOs no trimestre, incluindo a maior estreia no mercado este ano, da empresa de private equity TPG, em comparação com 275 um ano antes.

    Excluindo itens extraordinários, a Nasdaq lucrou US$ 1,97 por ação, acima da estimativa média dos analistas de US$ 1,95 por ação, de acordo com dados do IBES, da Refinitiv. A receita líquida no trimestre expandiu 5%, para US$ 892 milhões.

    Heineken mantém previsão de subir margem

    Logotipo da Heineken no prédio da empresa em São Paulo
    30/04/2019
    REUTERS/Amanda Perobelli

    A Heineken manteve a projeção de margem de lucro para 2022 nesta quarta-feira, após saltos acentuados nas vendas e preços de cerveja da companhia no primeiro trimestre animarem o mercado, apesar da incerteza em relação à guerra na Ucrânia.

    Impulsionados por um afrouxamento constante das restrições à covid-19, principalmente na Europa, os volumes comparáveis de cerveja da Heineken aumentaram 5,2% ante mesmo período do ano passado, superando a estimativa média de 3,5%.

    A expansão na Europa foi de 11,5%, com as vendas de cerveja em bares e restaurantes quase triplicando.

    No total, a segunda maior cervejaria do mundo elevou o lucro médio por litro em 18,3%, dados os aumentos diretos de preços, consumidores migrando para cervejas mais caras e uma transição nas vendas de supermercados para bares, resultando em crescimento de 24,9% na receita.

    A fabricante das marcas Heineken, Sol e Tiger disse que a invasão da Ucrânia pela Rússia trouxe incerteza adicional para as perspectivas econômicas globais e os mercados de commodities.

    “Esperamos que as crescentes pressões inflacionárias afetem a renda disponível das famílias e sejam um consequente risco para o consumo de cerveja mais tarde neste ano”, disse a Heineken em comunicado.

    A empresa afirmou que está se beneficiando das posições de hedge tomadas em 2021, mas enfrentou custos crescentes, desafios na cadeia de suprimentos e pressão após decidir deixar a Rússia. Apesar disso, a Heineken manteve a meta de melhora “estável a modesta” na margem de lucro operacional em 2022.

    BHP tem produção abaixo do esperado

    O Grupo BHP reportou nesta quarta-feira uma produção de minério de ferro abaixo do esperado para o terceiro trimestre, uma vez que a crise de mão de obra relacionada à pandemia e os trabalhos planejados de renovação de trilhos prejudicaram os esforços da mineradora para aumentar a produção em Pilbara, no oeste da Austrália.

    A maior mineradora listada do mundo disse que a produção de minério de ferro no trimestre de junho também deve ser impactada pelo absenteísmo prolongado de trabalhadores relacionado à covid, mas não alterou sua previsão para o ano fiscal de 2022.

    Somente no início de março o Estado da Austrália Ocidental, rico em minerais, suspendeu as restrições de fronteira da linha dura colocadas em prática para conter a propagação do vírus.

    As medidas deixaram a BHP, a rival Rio Tinto e outras mineradoras lutando para contratar trabalhadores de minas e maquinistas, mesmo com a demanda reprimida alimentando uma alta nos preços das commodities.

    A produção de minério de ferro da Austrália Ocidental chegou a 66,7 milhões de toneladas nos três meses até 31 de março, disse a BHP, abaixo da estimativa de consenso de 70 milhões de toneladas compilada pela Visible Alpha.

    A produção de cobre em sua mina de cobre Escondida no Chile caiu para 226,4 mil toneladas de 249,3 mil um ano antes, disse a empresa.

    Este conteúdo é de cunho jornalístico e informativo e não deve ser considerado como oferta, recomendação ou orientação de compra ou venda de ativos.

    Invista na Apple, Amazon, Google, Disney, Netflix em poucos cliques e com taxa ZERO de corretagem! Invista em BDR



    Source link

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here

    NOTÍCIAS EM DIA

    spot_img