More
    InicioGOSPELAgricultor palestino descobre artefato ligado aos cananeus do AT

    Agricultor palestino descobre artefato ligado aos cananeus do AT


    Um fazendeiro palestino descobriu uma cabeça de 4.500 anos de uma estatua de Anat, uma deusa de um povo antigo que Deus ordenou que se retirasse da Terra Prometida por ter quebrado Seus comandos e ter adorado falsos deuses.

    De acordo com o New Arab, o calcário tem por volta de 20 centímetros de altura e esculpido no mesmo está um rosto que usa uma serpente como coroa. Anat foi um ídolo dos Cananeus.

    O Ministério do Turismo e Antiguidades, administrado pelo Hamas, anunciou a descoberta durante uma coletiva de imprensa em Gaza.  Jamal Abu Rida, diretor-geral de Antiguidades e Patrimônio Cultural do ministério, estimou que a estátua data de 2.500 A.C.

    “Anat era a deusa do amor, da beleza e da guerra na mitologia canaanita”, disse.

    Segundo Abu Rida, a estátua fez um ponto político, afirmando que sua “presença” refuta “a alegação sionista de que a terra da Palestina é uma terra sem um povo para um povo sem terra”.

    Além disso, ele também afirmou que o fazendeiro que fez a descoberta, Nidal Abu Eid, encontrou o artefato na segunda-feira na cidade de Khan Younis, em Al-Qarara.

    “Eu encontrei por acaso quando eu estava cultivando minha terra. Estava enlameado, mas quando o lavei com água, percebi que era uma coisa preciosa. Estou tão orgulhoso que nossa terra ainda tem grandes valores arqueológicos”, disse Abu Eid.

    O fazendeiro inicialmente considerou vender a estátua da deusa, mas mudou de ideia quando um arqueólogo o informou de seu “grande valor arqueológico”. A estátua de Anat está em exibição em um dos poucos museus de Gaza em Qasr al-Basha.

     



    Source link

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here

    NOTÍCIAS EM DIA

    spot_img