More
    InicioESPORTEDracena protesta contra arbitragem e Rueda avisa: "O Santos não vai mais...

    Dracena protesta contra arbitragem e Rueda avisa: “O Santos não vai mais se calar”


    O Santos perdeu para o São Paulo por 2 a 1 na noite desta segunda-feira, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, fora de casa. A derrota, no entanto, não foi o que mais chateou o Peixe. O clube deixou o Morumbi indignado com a arbitragem do clássico.

    Após a partida, o diretor executivo Edu Dracena disparou contra Leandro Pedro Vuaden, que apitava o San-São, relembrou de recentes polêmicas contra o Alvinegro Praiano, e fez um pedido à Confederação Brasileira de Futebol.

    “Primeiro, quero fazer um apelo para a CBF. Não é a primeira, segunda nem terceira vez que o Santos é prejudicado. Estamos cansados de mandar ofícios às entidades. Hoje, o que o Vuaden, o quarto árbitro e o bandeira fizeram com o Santos, não pode ser feito. Primeiro, foi falta. Segundo, a bola é do Santos. E terceiro, como o bandeirinha apontou para o nosso lado e depois voltou, os nossos jogadores já estavam saindo. Ele tinha que ter a experiência de parar a jogada. E, logo em seguida, sai um pênalti que prejudica o nosso trabalho. Que vocês reciclem esses árbitros. Eles tem que melhorar. Estou indignado. Melhorem nossa arbitragem, reflitam. Não quero ser beneficiado, mas também não quero ser prejudicado”, disparou.

    Além do diretor, Fabián Bustos também aproveitou a sua entrevista coletiva para reclamar da arbitragem. Na visão do clube, o lateral que originou o pênalti do São Paulo, já aos 35 minutos do segundo tempo, era favorável ao Santos. Em um primeiro momento, o bandeirinha até chegou a concordar com os visitantes, mas voltou atrás.

    “A favor do Santos é muito difícil de apitar uma coisa boa. Apesar que hoje ele fez uma boa arbitragem, teve coerência em faltas e cartões, mas errou em um lance capital. Temos que refletir e melhorar. Não vou mais admitir esse tipo de situação. Atrapalha um trabalho do treinador e dos jogadores, que estavam todos indignados”, completou Edu.

    O presidente Andres Rueda também fez questão de se posicionar. Em nota, o mandatário afirmou que o clube não irá mais se calar diante das polêmicas de arbitragem.

    “O Santos não vai mais se calar. Não é a primeira vez que fomos prejudicados nesta temporada. Seguimos sofrendo com erros inaceitáveis em lances cruciais da partida. A arbitragem do futebol brasileiro precisa de uma reciclagem e de mais responsabilidade em suas atuações. Não só pelo Santos, mas por todos os clubes envolvidos neste esporte. Não queremos ser beneficiados de forma alguma, mas também não aceitaremos ser prejudicados”, escreveu.

    Com o resultado do San-São, o Alvinegro Praiano caiu para a sexta colocação do Brasileirão, com sete pontos.

    Agora, o Peixe volta as suas atenções para a Copa Sul-Americana. Na quinta-feira, às 21h30 (de Brasília), o clube visita a Universidad Católica-EQU, pela quarta rodada do torneio continental.

    Deixe seu comentário





    Source link

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here

    NOTÍCIAS EM DIA

    spot_img