More
    InicioECONOMIACrédito para começar ou manter seu negócio: veja linhas disponíveis

    Crédito para começar ou manter seu negócio: veja linhas disponíveis


    Nesta matéria, trarei as novas opções de acesso ao crédito financeiro disponibilizado pelo setores público, destinados àqueles que desejam começar um novo negócio ou precisam manter seu empreendimento em sua fase inicial de desenvolvimento. 

    Dificuldades em obter crédito no Brasil

    Novos e pequenos empreendedores enfrentam muitas dificuldades para ter acesso ao crédito no Brasil. Normalmente, isso não é causado por aperto monetário do Estado, mas sim pela desorganização e falta de critério nos processos de liberação dos recursos financeiros.

    Por parte do sistema financeiro, falta interesse e treinamento para alcançar a realidade e permitir que os recursos cheguem aos novos e pequenos empreendedores. O excesso de burocracia e a falta de informação estão entre as principais causas para que os recursos não cheguem na ponta ou para o empreendedor entender as razões da negativa.

    Entre os novos empreendedores falta uma abordagem planejada para busca de uma linha de crédito como meio de investimento para manter o negócio saudável ou alavancar seu crescimento e não como uma salvação em um momento crítico.

    3 novas linhas de crédito para empreendedores

    Em períodos eleitorais ou de crise, governos se apresentam tempestiva e temporariamente sensíveis às causas relacionadas ao empreendedorismo, lançando programas de microcrédito destinados aos que querem ou precisam iniciar um negócio próprio e raramente são atendidos pelo sistema financeiro.

    É sob este contexto que o atual governo já acumulou a criação de algumas linhas de crédito para empreendedores. Confira algumas dessas alternativas:

    1 – Brasil Pra Elas – programa voltado ao fortalecimento do empreendedorismo feminino irá ofertar crédito assistido às empresas que possuam mulheres no seu quadro societário.

    O Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas (Fampe) garantirá 80% recursos financeiros concedidos pelo Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Banco da Amazônia (Basa) e Banco do Nordeste (BNB).

    2 – Simplificação do Microcrédito Digital – programa de microcrédito para pessoas físicas e microempreendedores individuais (MEIs), incluindo os que estejam com o nome sujo. O crédito será oferecido pela Caixa Econômica Federal, no limite de R$ 1 mil, parcelados em até 24 vezes e taxa mensal de 1,95% para pessoas físicas e R$ 3 mil, com o mesmo prazo de parcelamento e taxa mensal de 1,99%, para MEI’s.

    3 – Crédito Brasil Empreendedor – pacote de medidas para facilitar o acesso ao crédito para micro, pequenas empresas e microempreendedores individuais (MEI). No total o programa deverá alavancar R$ 23 bilhões em garantias como forma de destravar a liquidez dos bancos e possibilitar o acesso ao dinheiro.

    São inúmeros os programas que visam facilitar o acesso a recursos financeiros para os novos e pequenos empreendedores brasileiros, da mesma forma, é histórica a falta de efetividade, dado que, em média, a liberação de recursos costuma beneficiar menos de 20% do público-alvo.

    A principal causa para esta falta de alcance dos programas está relacionada à inadaptação do processo à realidade dos empreendedores, muitos não têm conta bancária, histórico de relacionamento com o sistema financeiro ou como apresentar um fluxo de caixa.

    Quando solicitar uma linha de crédito para empreender?

    O melhor momento para solicitar uma linha de crédito é antes de você precisar dela.

    Entre os novos empreendedores falta uma abordagem planejada para busca de uma linha de crédito como meio de investimento para manter o negócio saudável ou alavancar seu crescimento e não como uma salvação em um momento crítico.

    O melhor momento para solicitar qualquer linha de crédito é quando você tem um plano para o dinheiro e não quando você precisa ou está em um momento crítico. Adotar uma abordagem cuidadosa e planejada para buscar uma linha de crédito poderá garantir a viabilidade de um novo empreendimento ou a sobrevivência do seu negócio.

    Empreendedores bem-sucedidos utilizam as linhas de crédito como um investimento destinado a construir um negócio saudável e alavancar o seu crescimento.

    *Claudia Kodja, mentora da Liga dos Empreendedores da FGV, membro da Copenhagen Institute for Futures Studies e gestora executiva da Kodja Escola de Negócios.

    As informações desta coluna são de inteira responsabilidade do autor e não do InvestNews e das instituições com as quais ele possui ligação. 

    Veja também

    Invista nas maiores empresas do mundo sem sair de casa e sem pagar taxa de corretagem! Invista em BDR



    Source link

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here

    NOTÍCIAS EM DIA

    spot_img